Setur e Pará 2000 assinam contrato de gestão do Mangueirinho

05 de abril, 2017 - 12h44

Representantes da Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e da Organização Social (OS) Pará 2000 firmaram, na manhã desta quarta-feira, 5, o contrato que repassa a gestão administrativa da Arena Guilherme Paraense, o popular Mangueirinho. O contrato, que tem como objetivo fomentar e executar as atividades nas áreas de esporte, cultura, lazer e turismo, promovendo atrações nacionais e internacionais no moderno espaço multiuso, foi assinado pelo secretário de Turismo, Adenauer Góes; pelo diretor-presidente da OS Pará 2000, Fabriano Fretes e também pela secretária de Estado de Esportes e Lazer (Seel), Renilce Nicodemos.

Caberá a Setur supervisionar a gestão administrativa executada pela OS Pará 2000 do Mangueirinho, nos mesmos moldes e a exemplo do que já ocorre na Estação das Docas, Mangal das Garças e Hangar – Centro de Feiras e Convenções da Amazônia.

“A orientação do Governo do Estado foi a de que esse equipamento se junte aos outros três, como forma de induzir, promover e motivar o turismo como atividade econômica. Que seja uma referência no Norte do Brasil, podendo captar eventos esportivos de diferentes modalidades – como no caso do vôlei, basquete, futsal, handebol, MMA –, mas também de atividades culturais e de cunho religioso, por exemplo”, explica Adenauer Góes.

Para Fabriano Fretes, o Mangueirinho foi uma obra extremamente importante. “É obra acabada, pronta e entregue à população. Uma arena de alto padrão, de qualidade internacional. Além de podermos receber múltiplas modalidades esportivas, também atende as necessidades de eventos de outra natureza, como artísticas, culturais, religiosas e até mesmo ações corporativas”, afirma.

Fretes deixou claro, ainda, que o plano de trabalho contempla uma forte divulgação e promoção da arena fora do estado. “Está sob nossa competência a gestão de quatro espaços distintos. É uma parceria do ganha-ganha. Potencializamos a OS com uma estrutura administrativa mais enxuta, onde acompanhamos todas as etapas para torná-lo gradativamente auto-sustentável. Vamos construir um book comercial muito forte”, garante.

A secretária Renilce Nicodemos colocou a Seel a disposição da nova parceria que se forma para gestão administrativa do espaço. “Daremos todo o suporte necessário para a execução do trabalho. Hoje se inicia uma nova etapa dessa construção realizada pelo Governo, muito produtiva para o Estado e para o povo paraense”, concluiu.

Por Israel Pegado – Ascom SETUR

Imagem Sidney Oliberal - Agência Pará